Mimimi: VFS Global, Burocracias, Consulado

Mal terminei um post e já estou tentando começar outro. Bom, ultimamente tudo tem sido meio maluco. Irei descrever brevemente minha novela:

Eu teria que estar em Keele dia 25 de junho porém apenas no dia 16 de junho recebi o CAS. Marquei pro dia 19 para depois de tudo feito descobrir que era feriado. Bacana, heim? Liguei, reclamei, estou no mood de processar a VFS Global, mas no final das contas eles remarcaram meu visto pro dia 20 de junho.

Tudo feito, só voltei dia 22 do Rio porque, né, dias de Copa bebê. Até aí tudo bem, mas comecei a ficar com medo do visto não chegar, afinal jogo no Rio é o que não falta, além dos jogos do Brasil. E, lógico, isso significa feriado. Passam os dias e nada de receber nada. Já fui avisando a galera lá de Keele (que já haviam prorrogado minha data de chegada pro dia 7) para adiarem mais ainda porque é impossível obter informações com esta merda de empresa e o consulado. Eis que no dia 03 de julho (véspera do meu aniversário) eu recebo o comunicado, por e-mail, de que meu visto foi processado e que será enviado no próximo dia útil. Ou seja, dia 4 de julho. Que ótimo presente de aniversário seria… Mas neste dia havia jogo do Brasil. Meu vôo estava marcado para dia 5. Nunca no Brasil que chegaria a tempo. Mas Keele prorrogou minha chegada again e ‘cá estou no aguardo pelo bendito. Passagens já estão remarcadas, só falta o carteiro trazer o que falta.

182805__safe_pinkie-pie_animated_wonderbolts-academy_spoiler-s03e07_mailbox

Eu não sabia sobre o que seria esse post, mas agora já sei. Será para mimizar. Porque olha, foi foda.
Só nesse processo do CsF eu sinto que já cresci bastante, porque praticamente tudo antes de dar certo, deu errado. Teve horas que me faltaram forças e o apoio da família, amigos e namorado foi muito importante.

Mas, sinceramente, se eu pudesse mudar UMA coisa, eu mudaria o país de destino. A Inglaterra, por enquanto, vem me decepcionando de uma maneira inacreditável. Além de cara, o que já sabia, algumas coisas são ineficientes pelo excesso de burocracias.

A VFS Global é uma empresa terrível. O site deles não é explicativo, eles não informam quase nada pelo telefone e demora forever para responderem um e-mail. Ao que me parece a antiga empresa era bem melhor. Pelos relatos que li eles eram mais atenciosos, bem informados, forneciam um ship de operadora e ainda o código do correio para você acompanhar a entrega do seu visto.

Por outro lado a VFS Global deve seguir o palavrão ao qual sua sigla nos faz lembrar. Eles só conferem a foto e se você levou o formulário. Se você pede uma informação, eles não sabem responder. Eu vi uma menina perguntando se os documentos que ela levou estavam corretos e a resposta dada foi: não sabemos, quem tem que saber os documentos necessários é você!”
Como meu caso era urgente, fui aconselhada pela Sarah para informá-los da gravidade da minha situação. A resposta a mim dada foi: “você quer pagar a taxa de preferência?”. Eu informei que era aluna do CsF e de acordo com o CNPq nós já temos preferência. O moço disse que não sabia informar se tínhamos mesmo e que não podia fazer nada pro meu caso. Que mesmo pagando a taxa eles não tem um prazo. Só se sabe que o prazo normal é de 15 dias úteis.

Estou EXTREMAMENTE DECEPCIONADA. Sinceramente. Primeiro o preço e o processo do visto é ridículo. Poderia ser bem mais simples e informatizado. Depois essa empresa que dá desculpas ridículas para os erros deles e não assumem sua ineficiência. Não sei o porquê do Consulado escolher tal empresa e tal método. E por quê esse isolamento todo? Por que é tão difícil entrar em contato e pedir por ajuda!

Argh, sinceramente! Espero me surpreender muito com a Inglaterra e voltar falando super bem de lá. Mas uma coisa é certa, se você não tem muito dinheiro ou paciência a seu dispor, escolha outro país. Para os EUA, por exemplo, eles organizaram uma semana para os alunos do CsF tirarem o visto. Em menos de uma semana, meus colegas (isso porque eu moro em Manaus, as coisas demoram pra chegar aqui) já estavam com o visto em mãos e agora todos já foram dentro do prazo. Enquanto isso estou eu implorando por um código do correio.

Pode isso?

Pode isso?

Ok, desculpa aí o momento #revoltz. Parei. Voltaremos com a programação normal em breve.
Tomarei coragem de escrever sobre o visto. Tirei print de tudo, então o post será enorme, porém explicativo.

Vejos vocês nesse mesmo bat-local, porém em um diferente bat-dia e definitamente em outro bat-horário.
Boa noite!

Eis sua Offer… Ou será que não?

No meu edital, a lista provisória do CNPq saiu em fevereiro. Quase exatamente 3 meses depois – a.k.a semana passada – saiu a final. E lá estava, com todas as letras, meu singelo nome. Agora é oficial! Pronto, falei! De um jeito ou de outro, eu vou! Yaaaaay!

something-different


Voltando ao propósito do post.

Cada país tem suas burocracias e costumes. No Reino Unido, as offers vieram quase que todas ao mesmo tempo. Lá para março… Bom, pelo menos da maioria. Como eu, obviamente, sou legal demais para seguir a ~ onda ~ de todo mundo, fui pro Clearing.

O que ser isso? Bom, é o limbo para onde só quem é legal vai. Basicamente, nenhuma universidade que você escolheu te aceitou… … … …. Pois é. Então, você está oficialmente no “Clearing”. Enquanto você espera eternamente, a equipe do UUK irá tentar conseguir uma universidade linda e cheirosa para você. Espera-se.

Those bastards… Eles não me querem? Não ME querem?!

Those bastards… Eles não me querem? Não ME querem!?

É uma coisa chata, sim. Confesso que fiquei meio triste quando li o e-mail do SwB UK informando isso. Fiquei decepcionada comigo mesma. A primeira fase foi meio corrida e eu fui desorganizada, acabei sofrendo as consequências.
Mas é aquela coisa; se não aconteceu é porque não deveria acontecer mesmo. E até que há uma certa poesia e misticidade em colocar esse tipo situação nas mãos do Destino. E assim tem mais emoção, né?! (y)

Eu não preciso de vocês mesmo Leeds, Edinburgh e Nottingham x)

Eu não preciso de vocês mesmo Leeds, Edinburgh e Nottingham ;*

By the way, encontrei um grupo no Facebook para pessoas que estavam na mesma situação que eu. Só o nome e a foto já me fizeram rir e me sentir melhor. O bom disso é que você encontra pessoas tão tristes e desesperadas por offer quanto você.
É um certo tipo de consolo. E como disse, só quem é legal vai pro Clearing, então todos foram/são simpáticos.

Foto por facebook.com/caio.contador/

Capa do grupo. Foto por facebook.com/caio.contador

Só nas minhas férias (em Abril, devido à greve) recebi minha Offer. Para aceitá-la você tem que entrar no site do apply. No meu dizia que fui aceita pela Keele University. Engraçado, por um acaso… Eu nunca havia ouvido falar nela antes. Não sabia onde ficava, se era boa ou ruim… Não lembrava nem de ter visto essa quando fui escolher as universidades.
Enfim, chamei o amigo Google e para minha decepção a universidade é uma bolha. Até fica, supostamente, fora da “cidade”. Uma pena, pois estava muito empolgada para morar em um lugar cheio de opções (uma vez que Manaus não é bem assim).
Na verdade, o que passou pela minha cabeça foi: “poxa, só essa universidade nos fundilhos da Rainha que me aceitou?!”. Mas eu havia deixado nas mãos do Destino; e se assim foi, assim será… E será bom! #oremos

Simplesmente não precisamos pensar negativo. Seja qual foi a universidade que te aceitou ela é um amor… Afinal, ela te aceitou, não foi? Então aproveite-a. Empolgue-se!

Conheçam Keele!

Vemnimim Keele!

Hmm.. Acho que chegamos ao final desse post mal escrito e sem nexo e acabei por não dar nenhuma informação muito útil. Mas, espero que tudo isso sirva de consolo para alguém que passou pelo mesmo.
Clearing não é o fim do mundo. Ir para uma universidade totalmente diferente do que pensava também não é. Acabei conhecendo pessoas muito legais e simpáticas que estão lá pelo CsF, inclusive um que está fazendo Biologia. Como não foram muitos brasileiros até agora, consegui me comunicar com quem já voltou também.

É bem verdade que os sentimento são muitos. A priori, eu era uma mistura de apreensão e felicidade. Para falar a verdade, ainda estou um pouco assim, hahahaha. Como eu sou meio pessimista preparada para as situações, não gosto de tomar conclusões precipitadas. Gosto de estar preparada para o melhor e o pior. Mania terrível, eu sei.. Mas estou tentando mudar. Ainda assim, acho que serei/espero ser muito feliz lá. Querendo ou não é uma ótima oportunidade. Uma que não deve ser perdida, jamais! Que deve ser aproveitada ao máximo!
Ah, e eu comentei que você pode fazer o estágio – que é feito nos últimos meses de CsF – em outro lugar? O rapaz da Biologia conseguiu em Oxford.

Será fuck yeah de um jeito ou de outro!! /,,/

Pfff. Who cares se não foi a primeira opção?

E mesmo que você não tenha recebido offer alguma, tente outra vez! Não desanime. Acabou CsF? Não se preocupe, há diversas outras maneiras de conseguir fazer algo fora. Informe-se com os responsáveis pelos Relacionamentos Internacionais da sua universidade; pesquise. Na UFAM, a parte responsável por isso é o ARII. Foi lá que fiz o IES e, como você pode ver se clicar no link, eles costumam colocar notícias e até o modelo para tradução do histórico. Informe-se e anime-se!

The world is ahead… Here we go!!

Estresse/Apreensão/ETudoQueHáDeBom Sem Fronteiras (CsF)

Venho por meio deste, fazer um breve relato (ou não), das minhas experiências com esse programa do governo chamado Ciências Sem Fronteiras. Preparem-se para uma história de amor e ódio.


Eu não sou a melhor pessoa para explicar tim-tim-por-tim-tim o que é Ciências Sem Fronteiras, como funciona ou o que é, etc. Porém, como não sou tão preguiçosa, vou deixar algumas informações que possam ser úteis. Então, sit back e relaxe nessa aventura de milhões de abas que você terá que abrir!

First of All: Se você está aqui deve saber o mínimo sobre o CsF ou o Google não teria te encaminhado para essas mal escritas linhas. Mas, caso queira saber mais, o melhor lugar para se começar é o site oficial. Porém só o utilize para começar a saber certas datas porque, sinceramente, você acha muito mais informação no Facebook.
Enfim, agora que você já leu as informações, sabe que você tem os pré-requisitos necessários e tudo mais. Parabéns! Você já pode escolher seu país de preferência e começar a se preparar para as inscrições!

Ohyeas

Porém, escolher um país nem sempre é fácil. Eu achei bastante difícil inclusive. Fiquei em dúvida, principalmente, entre Reino Unido e Nova Zelândia, mas eis que o charme e carisma da Rainha falou mais forte…

   Queen1  Queen2

Hmm, pois é. Uma vez que optei pelo Reino Unido, tudo o que vier a seguir será focado nisso. Mas para você que não quer comer fish and chips, minha sugestão é que entre no Facebook e procure todos os grupos possíveis que existam para o país desejado. Vai por mim, eles existem por mais que você, assim como eu, não ache logo, e sinceramente, é umas das melhores fontes para se conseguir informação e tirar dúvidas.

Para os ‘mates, eis o principal grupo no Facebook: Ciências Sem Fronteiras – Reino Unido
E para os lindos e lindas fazem Biologia; não os frequentei muito mas.. cá estão outros grupos: mais uma aba, olha outra aba aí.

Next: Agora você já está nos grupos, informado e já fez amizade. Hora de começar as coisas pra valer! De antemão, faça seu passaporte, o teste de proficiência, confira se não há nada de errado em seu histórico e providencie qualquer certificado de coisas digdimdigdim que já tenha feito (Pibic e Olimpíadas). Se você já foi/é bolsista CNPq, more points for you! Yay!
Tudo isso será necessário quando for fazer a inscrição, mas ATENÇÃO: para o próximo edital, muito provavelmente, não haverá PSE. Ou seja, você terá que tirar boas notas no teste de proficiência. Outra coisa, o TOEFL não é mais aceito para o Reino Unido. É mais adequado que faça o IELTS!

Com tudo pronto, você poderá inscrever-se. É obrigatória a inscrição no site do CsF e no da UUK. Informe-se se será necessário fazer o IES, que é uma inscrição feita na sua Universidade. Depois de tudo feito, agora é esperar a carta mágica do CNPq dizendo que você foi homolago e a lista oficial que sua Universidade irá lançar.


Algum tempo depois…

Yoohoo

Que maravilha, tudo deu certo! Agora você vai poder escolher três universidades. Tudo é empolgação, alegria e… Wait, not so fast!

fail

A partir de agora as coisas vão ficar mais… Complicadas. Primeiro que escolher três universidades não é tão simples. Segundo, algumas burocracias mais chatinhas irão começar. Duas coisas que você não pode deixar de fazer:

  1. Tenha certeza se o histórico que você terá que mandar tem que ser juramento e pesquise isso bem. O meu foi feito na pressa e paguei 300 reais por ele.
  2. Capriche e MUITO no seu Personal Statment. Até hoje me arrependo de não ter dado tanta importância. Pelo o que foi possível perceber, eles dão bastante valor para isso. Escreva, reescreva, peça ajuda. Isso pode acabar determinando qual Universidade irá lhe aceitar.

Essa minha primeira fase foi bem bagunçada. Primeiro tive problemas com o histórico porque minha ementa ainda não existe, então não havia como comprovar que tinha cursado o suficiente. Tive que trocar de grade e fazer alguns aproveitamentos.
Depois, deu problema no e-mail e houve também uma desatenção da minha parte. Como consequência e acabei perdendo a data do Apply. Sim, há uma data limite para você enviar tudo isso. Porém, escrevi para a equipe explicando a situação e eles foram muito gentis a acabaram me dando uma segunda chance. Mas, como disse, tive que resolver algumas coisas nas pressas e acabei pagando o preço (tudumtsi).

Há muitos blogs e dicas na internet de como se preparar bem para essa fase. Eu aconselho muito um chamado Dreams of Gasparini. Lá ela explica tudo muito bem e costuma responder comentários. Eu mesma me informo bastante por lá.
Eis uma lista de blogs que se encontra no grupo do Facebook (x).


 Para finalizar…

Você fez tudo do jeitinho certo e agora é uma pessoa informada. Só lhe resta esperar e tentar adiantar qualquer coisa possível. Espere, espere, porém não durma no ponto. Esteja preparado para o que está por vir.

Jack

Wait… … Wait … … Ops, hora de correr com a documentação!

Se tiver alguma dúvida, escreva para eles (clique aqui). Geralmente quem responde é a Sarah, ela é bem paciente e costuma responder todos os e-mails. Não tenha medo, o maior interesse deles é que você vá estudar lá.


 Acho que por hoje é só… Espero não ter escrito muita bobagem, hehehe.
Em breve pretendo voltar com mais o/

Tempo

Eu não sei se é o tempo que me falta ou se sou eu que não consigo aproveitá-lo de maneira adequada.
É.. é a segunda opção. Nessa correria do dia a dia a gente deixa de aproveitar tanta coisa, se desgasta por tão pouco. E quando nos damos conta, já passaram as horas, os dias, os anos e o que fizemos de fato?

Tem uma música do Paulinho da Viola que gosto muito chamada Sinal Fechado. Deixo aqui a versão na belíssima voz de Oswaldo Montenegro.

Enfim, passando rapidamente aqui só pra tirar um pouco dessa poeira.

Problemas?

A vida das pessoas é repleta de problemas. Dos pequenos, aos maiores. Às vezes achamos que tais problemas são os piores do mundo. O que não é bem verdade porque apesar de serem ruins, dolorosos e difíceis, sempre tem alguém em uma situação mais dolorosa e mais difícil do que a nossa.

Para os que não sabem, estou no terceiro ano do ensino médio. Desde o primeiro ano, venho cobrando muito de mim. Confesso que não do jeito que deveria, pois agora sinto-me exausta sem precisar (as coisas poderiam ter sido bem mais fáceis). Já passei por sofrimentos que apesar de bobos, foram intensos. E me envergonho por ter sido tão fraca.

Mas ser fraco é algo que precisamos ser antes de nos tornamos fortes. E apesar de saber que nossos problemas são insignificantes para o mundo (ou comparado a outros problemas), nem sempre sentimos isso.

Hoje me contaram que um dos nossos vizinhos morreu, no banheiro do seu trabalho. Ele era novo, casado, tinhas duas filhinhas lindas e cheias de energia. E, apesar de tudo isso, teve um infarto fulminante ao final de uma tarde como outra qualquer.

Não o conhecia muito bem. Não convivo muito com meus vizinhos, pois fico muito em casa; seja estudando, seja por timidez, seja pelo o que for. Mas fiquei triste em saber que ele havia falecido. Por que, você pergunta? Afinal, mal o conhecia. Porque eu sei que ele tinha família em outro estado, e eu sei que a partir de agora, a vida daqueles que o amam vai ser mais amarga.

E senti como minhas inseguranças, minhas besteiras e meus problemas são apenas.. idiotas. São insignificantes. Quantas vezes eu pensei em bobagens? Deus, quantas vezes… Sempre me arrependi de tudo isso, mas hoje me arrependo mais do que nunca.

Foi algo inesperado que do nada aconteceu. Poderia ter sido qualquer um de nós. E eu, preocupada com as coisas do colégio, achando tudo o fim do mundo e deixando muita coisa passar por causa de cobranças irracionais feitas por mim mesma.

Às vezes coisas assim nos abalam mais do que pensaríamos. E às vezes, coisas desse tipo, mudam a vida de mais gente do que o esperado.

A minha mudou.

Eu só espero que ele esteja em paz agora. Minha madrinha foi ao velório e disse que nem parecia morto, que parecia que estava apenas dormindo. E o que espero muito também é que sua família e amigos encontrem a luz, a força e o carinho de que tanto precisam agora.

Portanto, se você está aí, reclamando da vida, achando tudo uma merda. Lembre-se que tem gente passando fome, tem gente que não tem as mesmas oportunidades que você, que tem gente lutando pela vida, tem gente que sofre abusos todos os dias. Tem gente que tem ataques fulminantes e que morrem de um minuto para o outro. E você, com sua vida, reclamando. Faz parte reclamar, é bom colocar as coisas pra fora e fazer o papel de vítima, mas lembre-se disso porque eu irei lembrar.

Mas essa é a vida, não é só um conjunto de coisas ruins. Meu avô foi atropelado, mas hoje comemora seu aniversário com toda a família enquanto se recupera. E ele está lá, sorrindo, feliz por estar com seus filhos, comemorando mais um ano de vida.

No final das contas, acho que o segredo é, sem querer ser brega, fazer com que cada momento seja único. Atingir o máximo de pessoas que conseguir, aproveitar o máximo que puder, pra que no final das contas tudo tenha valido à pena. As coisas acontecem por um motivo, cabe a nós passar pelos problemas e aproveitar as felicidades da vida, inclusive as mais singelas. Aí que está a beleza de tudo. Portanto, obrigada por estar lendo isso, mas antes de ir, posso pedir um favor? Aproveite sua vida, ok? O máximo que puder! Não se estresse com coisas bestas, não vale a pena. Elas ficam pra trás e você continua em frente. Aproveite os cheiros, as cores, os gestos, os momentos que nunca irão voltar. Chore, fique triste, mas não esqueça de ser, bobo, feliz, alegre, risonho, bom. Não perca tempo com idiotices. Afaste pensamentos que nada irão acrescentar em sua vida. Seja o que você é. Viva a vida como ela é. E quer saber de uma coisa? A vida, apesar de tudo, é o maior e mais belo dom que você possui.E quando esse dom é tirado de nós, tudo tem que ter valido à pena. Portanto, faça valer.